Segurança no trabalho

terça-feira, 1 Agosto, 2017

A segurança no trabalho é imprescindível para que nós da LA pudéssemos diversificar a oferta de nossos produtos e serviços, pois sempre buscamos atender nossos clientes em qualquer ocasião trabalhando nos segmentos da construção civil, móveis planejados e esquadrias de alumínio.

Controlamos os riscos de acidentes em nossa linha de produção de móveis, esquadrias e no canteiro de obras, pois segurança no trabalho é um dos pilares que garantem a qualidade dos nossos produtos e serviços, assim como o bem estar de nossos colaboradores.

Baseado nisto gostaríamos de ressaltar, conforme publicação em Dezembro de 2016 do INBEP, Instituito Brasileiro de Educação Profissional, os oito principais riscos para saúde e segurança do trabalho.

“1. Quedas de nível: Para a construção de edifícios, bem como também para serviços de demolição, demandam atividades em altura, sendo responsável por um grande número de fatalidades e acidentes. O uso dos andaimes é frequente e existem precauções que devem ser tomadas ao utilizar este tipo de equipamento, além de treinamento específico de trabalhos em altura.

2. Movimentação de materiais: Esta é uma situação que se deve sempre ter muita atenção, pois em um ambiente de trabalho há grande fluxo de movimentação de objetos e materiais, portanto fica muito mais fácil acontecer quedas e deslizes que podem vir a atingir os trabalhadores. Neste caso é importante que os colaboradores utilizem de forma correta os EPI’s (equipamentos de proteção individual) e que todos estejam atentos no momento do manuseio de materiais.

3. Choques elétricos: Os choques elétricos podem ser provenientes de fios de eletricidade expostos ou da proximidade dos ambientes onde há grande circulação de trabalhadores. Para a prevenção deste tipo de acidente, é necessário que o ambiente elétrico esteja devidamente protegido e que os trabalhadores estejam equipados, conscientes das medidas de segurança e certificados obrigatoriamente com o treinamento da NR-10.

4. Dermatoses ou alergias: Muito comuns quando há um uso e contato regular com agentes como cimento, argamassa, MDF, ferro, alumínio e outros. O uso de equipamentos de proteção individual como luvas, máscaras e uniformes podem auxiliar na prevenção do surgimento de alergias na pele provenientes deste contato.

5. Sinalização de risco do ambiente: A sinalização é um fator primordial para segurança no ambiente de trabalho. O colaborador deve ser informado dos agentes e ambientes de risco presentes e deve respeitar as regras e medidas de segurança estabelecidas para cada tipo de risco.

6. Proteção no uso das máquinas: Ao se trabalhar com máquinas deve-se ter o uso correto de EPI’s e ter treinamento adequado para a utilização.

7. Ruídos em excesso: Este risco é decorrente principalmente da exposição contínua a elevados níveis de pressão sonora em ambientes de trabalho, assim como a produtos químicos provenientes de metais (arsênio, chumbo, cobalto, manganês e mercúrio), gases asfixiantes (cianeto, nitrato de butila e monóxido de carbono) e solventes orgânicos (tuleno, xileno,estireno, dissulfeto de carbono, tricloroetileno, n-hexano e butanol). Ao se trabalhar nestes ambientes os trabalhadores devem utilizar correntes os EPI’s.

8. Exposição a corpos estranhos: Em um ambiente de trabalho, principalmente no canteiro de obras, é fácil encontrar animais peçonhentos como cobras, aranhas, escorpiões, abelhas, formigas, vespas e assim por diante. Por isso é importante sempre analisar o ambiente e checar se há presença de algum deles, bem como a utilização correte de EPI’s como luvas, botas, uniforme e máscaras.”Fonte:http://blog.inbep.com.br/8-riscos-para-saude-e-seguranca-na-construcao-c...